Alo Amigo!!! Nesta semana a verdade veio a tona e todos puderam ver o real valor pago na contratação do atacante Neymar junto ao Barcelona.

Diferente do que acontece no nosso país os dirigentes espanhóis, com muita vergonha e verdadeiramente cobrados pelos seus pares, vieram a publico e explicaram todos os detalhes da negociação. Para demonstrar a credibilidade de uma ótima gestão, o clube catalão aceitou a renuncia de Sandro Rosell, presidente que comandou esse processo junto ao Santos.

E após a polêmica que tomou conta da tradicional equipe da Espanha, o novo presidente Josep María Bartomeu manteve a versão de que foram gastos € 57,1 milhões (cerca de R$ 188,5 milhões, na cotação atual) para contar com o brasileiro. Porém, veio à publico o diretor de futebol, Raul Sanllehí, e mostrou que os custos foram muito maiores decorrente a muitas detalhes. As luvas recebidas pelo craque, as parcerias sociais e de marketing e o acordo de prioridade com o Santos: € 86,2 milhões (aproximadamente R$ 284,5 milhões). 

E na planilha apresentada pelo diretor do Barça, muitos órgãos faturaram com o melhor atleta brasileiro, veja que € 40 milhões (R$ 132 milhões) foram para a dos pais de Neymar, empresa N&N e mais € 17,1 milhões (R$ 56,5 milhões) ao Peixe.

E pensar que o Barcelona gastou mais dinheiro com Neymar em ações que não envolviam muito a relação com a compra dos direitos econômicos do jogador. O diretor do clube confirmou que o clube tem uma parceria para projetos sociais com o atacante, € 2,5 milhões (R$ 8,2 milhões) e de marketing – € 4 milhões (13,2 milhões), com duração exclusiva até o final do contrato do atleta. E para o clube da baixada a quantia de € 7,9 milhões (R$ 25,9 milhões) para ter prioridade na contratação futuras promessas e uma caixinha de € 2 milhões à N&N para monitorar as revelações.

É lamentável a falta de transparência no futebol e com isso muitos ficaram cobrando a verdade e agora chegou, mas será que realmente foi convencedor? Claro que não, o que é triste saber que é sempre com os clubes brasileiros que acontecem as inconsistências financeiras.

O jeitinho brasileiro é sempre para ficar com o pé atrás e isso tem que mudar, pois quando falamos de futebol, sempre teremos desconfianças, decorrente a desonestidade de muitos dirigentes que querem levar vantagem em tudo.

Abraços!

Quer saber mais sobre a minha carreira de mestre de cerimônias e cerimonialista, basta ver o meu site por completo www.sidneybotelho.com.br