Alô, Amigo! Estamos chegando na reta final da preparação para os jogos da Copa do Mundo no Brasil, já que no dia 12 de junho os apaixonados pelo esporte mais popular do país poderão ver os atletas mais importantes do planeta desfilando nos gramados brasilis.

E para que recebamos com perfeição os atletas e os quase um milhão de turistas que apreciarão a beleza da nossa nação, temos que deixar tudo em perfeito estado. Porém o tempo é, por enquanto, o maior inimigo que estamos encontrando, pois dinheiro não falta para tantas obras que vemos nas cidades sedes e adjacentes, não é mesmo?

Diante de tudo isso, nesta semana tivemos um jogo oficial na Arena São Paulo, ou seria Arena Corinthians, ou Itaquerão? Bem, não importa o nome que a FIFA quer que falemos, o importante foi que o estádio corinthiano só serve para uma torcida, pois a organização (FIFA, CBF, FPF, PM, PMSP e outras siglas) travou ao meio dia a via que liga ao palco do jogo. A Radial Leste! Acredite nisso!

Quem mora na região não saía de casa e ou tinha que dar uma volta em lugares desconhecidos para conseguirem chegar ao centro da capital, onde ocorria a Virada Cultural. Ahhh! Choveu no dia ainda, ou seja, caos geral!
Não é culpa do Timão. Pensaram que em jogo da seleção às 17h, no dia 12 de junho, se não anunciassem feriado, talvez os atletas não chegariam no estádio decorrente ao fluxo de carros para a região?

Assim foi a inauguração da Arena Corinthians, que por sua vez, teve alguns probleminhas técnicos, como todas as outras inaugurações, mas nada que possa desapontar os tão exigentes dirigentes da dona do futebol.

Na quarta-feira eu estive em Salvador, na belíssima Bahia de todos os Santos. Fui visitar a Arena Fonte Nova, mas só pude ficar na parte de fora do local, pois está com a gestão da FIFA. Teria que ter agendado com os ilustres administradores europeus para adentrar nas instalações.

Amigos, digo a você com sinceridade, o estádio é bonito e está completo, porém algumas falhas que a prefeitura local precisa resolver: a sinalização está ruim demais para ir ao estádio; existem poucas placas e o posicionamento de forma inadequada. Realmente, as vias públicas da Bahia estão um terror decorrente as obras que ocorrem na capital baiana. Outro ponto que percebi foi o retorno para o Aeroporto. Temos a mesma dificuldade. Se você não conhece os caminhos, com certeza se perde e sabe onde você vai cair? Sem discriminação alguma, mas dentro das comunidades (não podemos mais falar favelas) vizinhas e desconhecidas, pois não tem segurança nenhuma.

O trânsito é violento, pois os motoristas não respeitam os demais que estão nas pistas, sem comentar que o povo não é nada hospitaleiro. Fiquei decepcionado com o tratamento no aeroporto, na locadora de carros, no postos de combustíveis e só não critico o pessoal do restaurante que escolhi para almoçar, pois fui em um lugar agradável.

O povo da alegria parece que está de mal humor. Sorria, você está na Bahia. Pra mim foi utopia! Espero que nas outras capitais possam receber nossos turistas melhor do que eu fui recebido em Salvador. Boa sorte Brasil, pois irá precisar!