Alo Amigo!

Começou o Paulistão e nesta edição de 2014 algumas novidades para o torcedor em meio à pressão do Bom Senso FC, que pediu por menos jogos, já que o ano terá Copa do Mundo. Teremos quatro jogos a menos do que a edição do ano anterior. A regra também mudou e serão quatro grupos de cinco times, com os grandes clubes do Estado como cabeças de chaves. A curiosidade é que os integrantes de um mesmo grupo não se enfrentarão, porém uma garantia da Federação Paulista de Futebol é permitir que os clássicos ocorram na fase classificatória.

Os dois melhores clubes de cada chave se classificam para as quartas de final em jogo único, enquanto os quatro últimos times, na classificação geral, caem para a série A-2. A semifinal terá uma partida, enquanto a decisão terá dois confrontos.

E diante de poucos jogos e sem se preocupar com a Copa Libertadores da América ou qualquer outro torneio, os clubes poderão se dedicar 100% no Campeonato Estadual. Será que vão colocar o time B?

O São Paulo não mudou muito, porém fez o essencial manteve o técnico Muricy Ramalho, porém reforçou o elenco com dois laterais, para direita Luiz Ricardo, da Portuguesa e para esquerdo Álvaro Pereira, do Inter de Milão e provável titular da seleção uruguaia na Mundial. Todavia, o Tricolor perdeu Aloisio para o futebol chinês e as opções de gols ficam para Oswaldo e Luis Fabiano. Ao meu ver, o time do Morumbi vai apostar no mesmo desempenho do final de 2013.

No Corinthians, que no ano passado investiu pesado na contratação Alexandre Pato e para esse ano o investimento foi mais modestos. Contratados mesmo apenas – o lateral esquerdo Uendel (ex-Ponte Preta) e o zagueiro Wanderson (ex-Sertãozinho). Outra mudança foi a saída de Tite e a chegada do Mano Menezes. O novo treinador terá que, simplesmente, dar ritmo de jogo para os veteranos Emerson Sheik, Douglas e Danilo, o queridinho Paolo Guerrero, além de fazer Alexandre Pato enfim cair nas graças da torcida. Ah, apagar a bela história do antigo comandante.

O Verdão tem 2014 como um ano para ficar na história, volta da Série B do Campeonato Brasileiro e comemora o centenário. O presidente Paulo Nobre, mudou a filosofia e tudo tem que ser por metas. Inicialmente segurou Gilson Kleina e trouxe sete reforços: William Matheus (ex-Goiás), Victorino (ex-Cruzeiro), Lúcio (ex-São Paulo), França (ex-Hannover-ALE), Marquinhos Gabriel (ex-Bahia), Diogo (ex-Portuguesa) e Rodolfo (ex-Rio Claro). Será que resolve? Só o tempo vai dizer! No ultimo sábado dia 18/01, no Pacaembú o time alviverde venceu o Linense por 2 a 1 (http://www.youtube.com/watch?v=rMPCoPPu2c8)

Já o Peixe, fez a contratação mais impactante quando anunciou o atacante Leandro Damião do Internacional. Além disso, o Santos promoveu o retorno de Oswaldo de Oliveira. A dupla terá que manter a hegemonia do Neymar, que levantou três títulos estaduais (2010, 2011 e 2012) e dois vices (2009 e 2013). Missão impossível!

Agora é torcer para que os paulistas mostrem que o Estado de São Paulo é ainda o Estado de clubes fortes e competitivos apagando o fiasco ano de 2013.