Alo Amigo! Nesta semana o mundo virou os olhares para o nosso território por inúmeros motivos que movimentaram o esporte bretão.

Tivemos a primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana, com o empate da guerreira Ponte Preta diante do Lanus em pleno estádio do Pacaembu. Mesmo rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro a Macaca esta aproveitando o momento para fazer muita festa e mostrar a organização de uma torcida centenária apaixonada. Os quase trinta mil torcedores que vieram ao Municipal paulistano mostraram que acreditam no título e o que vier será para ser comemorado com a mesma felicidade. E não é impossível bater os argentinos, porém os campineiros terão que ter paciência e jogarem como jogaram até agora.

Já na sexta-feira a constelação futebolística mundial se concentrou na Costa Sauípe, na Bahia, para que todos nós pudéssemos saber quais seriam os grupos e os adversários de nossa seleção. Resultado, muito boa a organização e muito glamour no grande evento que marcou a apresentação da formação dos jogos da Copa do Mundo de 2014, aqui no Brasil. Posso afirmar que o evento não teve falhas técnicas que ultrapasse as câmeras pelo mundo todo. Parabéns aos organizadores e as coordenadores do evento em si, além de mostrarem para todo o planeta que sabemos fazer bonito, quando queremos.

Deixando as opiniões do evento de lado, quero comentar do grupo brasileiro, formado por Croacia, Camarões e México, quando teremos um caminho tranquilo na primeira fase, sendo que dependerá apenas de nós para não sofrermos nas fases seguintes. O grupo mais complicado é o de Uruguai, Inglaterra, Itália e Costa Rica. Pelo menos um campeão mundial voltará para casa mais cedo, infelizmente não teremos uma oitavas de final com as principais seleções. Não posso deixar de comentar a tristeza dos costariquenhos que não esperavam um grupo tão tenebroso.

Agora é a vez de comentar da ultima rodada do Brasileirão que ainda tem lenha para queimar, primeiro que Coritiba, Vasco da Gama e Fluminense brigam para não caírem para a segundona. Será uma rodada com as emoções na parte de baixo da tabela. E não adianta ficarmos aqui o ano todo dizendo que o Brasileirão é longo e precisa de peças de reposição e que cada partida é uma decisão e, no final temos a mesma certeza, planejamentos ineficazes e fracassos e mais fracassos. E pensar que o Tricolor Carioca é o ultimo campeão da competição e será o primeiro time vencedor da ultima edição a disputar uma série inferior no ano seguinte. Só o milagre para salvá-los ou orar muito para uma tarde empolgante do São Paulo diante do Coxa.

Para a Libertadores a briga esta mais acirrada entre Atlético-PR, Botafogo, Goiás e Vitória. Todos têm chance de conquistarem uma ou duas vagas, dependerá do desempenho da Ponte Preta na final da Copa Sul-Americana. Vamos para os meus palpites, Atlético-PR e Goiás se classificam e Vasco da Gama e Fluminense caem para Série B. É uma utopia, mas pode se realizar.

E fecho parabenizando o Tite pelo seu ultimo dia trabalho pelo Corinthians e desejo sorte à ele que soube reverter todas as desconfianças criadas no seu nome, quando chegou a três anos atrás.