O dia do trabalho é marcado por jogos internacionais inesquecíveis, principalmente para aquele que é apaixonado pelo futebol.

Acompanhar Barcelona e Bayer de Munich numa Liga dos Campeões e ter como jogo de fundo, no caso dos brasileiros, Boca Juniors e Corinthians, faz deste dia mais especial do que o normal.

A Copa Libertadores da América esta bem longe da organização do torneio europeu, porém, a garra demonstrada pelos jogadores é compensa a qualidade que é oferecido pelos times do Velho Continente.

Analisando esse jogão de bola entre os argentinos e os brasileiros, vemos que o Timão é superior tecnicamente em relação ao adversário. Creio que a única vantagem dos Hermanos é a torcida que incendeia o La Bom Bonera.

O título mundial, no ano passado, faz do Corinthians o time com mais confiança, além do mais, o time paulista tem mais conjunto e peças de reposição no banco de reservas. Já o Boca Juniors possui Riquelme, ídolo argentino e Martinez, que teve uma passagem no adversário.

Não há um favorito, mas podemos cravar que um empate é o placar mais adequado para o Timão ter tranquilidade, daqui a 15 dias, no estádio do Pacaembu.

O técnico Tite manterá o atacante Romarinho ao lado de Sheik e Danilo com apenas o Paolo Guerreiro na grande área.

O curioso que Riquelme e Alexandre Pato, os mais badalados, são coadjuvantes da partida que mostra os dois clubes mais populares em seus países.

Amanhã tem São Paulo e Atletico-MG, no estádio do Morumbi. Este jogo é o mais complexo dos jogos, pois mostra o melhor time da fase classificatória e o time que ama jogar o torneio, principalmente é o maior ganhador no nosso território.

Os técnicos Ney Franco e Cuca terão que rever os dois jogos que tiveram na fase inicial para verem aonde falharam nas respectivas derrotas. No caso do Galo, a displicência apresentada na segunda partida foi o principal motivo da derrota, mas não deixo de ressaltar a importância garra do time paulista.

Para esse jogo o destaque negativo fica para a ausência de Luiz Fabiano, suspenso na competição. Referente a opinião, sobre o placar para os são-paulinos apenas a vitória para ter facilidade no jogo de volta no estádio Independência.

É Amigo, isso é que temos para o futebol sul-americano, mas não compare com o glamour dos europeus!

Sidney Botelho é patrocinado pela www.astechservices.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code