Alo Amigo!

Inicialmente Feliz Dias das Mães para todas as mães que nos acompanham a minha coluna, realmente a imagem da mãe para o ser-humano é primordial para que sejam pessoas de exemplo e demonstrem carinho e respeito perante o seu semelhante.

E quem precisa da orientação de mãe é o atacante Jorge Henrique, do Corinthians, afastado pelo paizão Tite. Como um bom pai, o treinador corintiano mostrou que indisciplina não é mais tolerável no clube no qual comanda, porém decisões como esta já são naturais quando foram aplicadas no zagueiro Chicão, que recusou ficar no banco de reservas e, o atacante Emerson Sheik , que por inúmeras vezes chegou atrasado em treinos do Timão.

No futebol de hoje não há mais espaço para jogadores irresponsáveis e sem disciplina, acredito que o esporte se profissionalizou e o atleta tem que manter a linha dentro e fora dos gramados, pois eles representam não somente os clubes que detém os seus direitos federativos, como também devem respeito para os seus patrocinadores e agentes.

O erro do Jorge Henrique é mais de atletas que são influenciados por pessoas que não estão nem ai para as carreiras dos amigos e pensam em tirar proveito da situação. O atacante garantiu que estava com o filho a madrugada toda no Hospital. Chegou a mostrar um atestado médico para confirmar a história perante o comandante e também a diretoria. Mas a mentira veio a tona e descobriram que ele passou a noite na balada.

A terrível balada que estragou a vida de muitos atletas deste novo milênio. O nome de maior evidente é o “Imperador” dos baladeiros, Adriano, atacante dispensado pelo próprio Corinthians e recusado pelo Flamengo.

Veja o exemplo de Ronaldinho Gaúcho, que no Atlético-MG apresenta um futebol de qualidade e sem vitrine exposta, ao contrário do que no Flamengo que lhe dava mordomia e ele próprio não aproveitava as oportunidades.

Fica claro que o papel da família é fundamental para que os atletas possam ser diferenciados na parte psicológica e estrutural. Não podemos ver a vida promissora deles se extinguindo ao longo do curto tempo de carreira.

Acorda Jogador de Futebol, amigo verdadeiro é aquele que te orienta e não aquele que te mostra um caminho obscuro e incorreto. Seja profissional ao extremo, pois chegará ao término desse período e verá o fim do horizonte e a certeza da bonança ter chegado para desfrutar de excelentes momentos com o seus familiares e amigos, sem ter medo de prejudicar um grupo de pessoas que necessitam de você para somarem e crescerem juntos.

Reflita em suas atitudes e descubra que o futebol não tolera mais pessoas indisciplinadas e sem dedicação do que se propôs a fazer. Que sirva de exemplo, mais este caso, para os novatos que vislumbram o sucesso e se apegam aos maus elementos. Sejam pés no chão e verão que darão o maior presente de mãe, que é o respeito de todos e a valorização da família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code