Oratória – seja natural e conquiste as pessoas!


Alô Amigo!

Falar em público é algo terrível para milhares de pessoas no mundo todo e mesmo diante da modernização das comunicações e meios de relacionamentos ainda temos receio de encarar o temível microfone perante uma plateia ou até mesmo, executivos que nos avaliam diariamente em nossas empresas.

Se comunicar é realmente uma das características mais importantes para o crescimento em qualquer setor da sociedade e afirmo em dizer, que quando a comunicação é praticada com eficácia, a conquista daquele objetivo ou projeto fica muito mais fácil de se alcançar.

O mundo corporativo precisa de profissionais comunicadores e que saibam expressar o conhecimento adquirido pela experiência, podendo compartilhar suas ideias e os conceitos para que outras pessoas divulguem todaa metodologia ou filosofia criada, gerando realmente o ciclo do desenvolvimento humano para as grandes companhias.

São muitos pontos para se desenvolver para atingir o estágio da comunicação ideal e quando passamos para quesito apresentação ou discurso, o maior desafio é conseguir somar conteúdo, tempo e oratória.

Subir ao palco não é fácil, mas quando é praticada a arte da apresentação tudo fica natural, pois o que muitos profissionais esquecem é que as pessoas estão naquele espaço de eventos ou, em uma sala de reuniões, querem ouvi-lo e aprenderem sobre o seu conteúdo e a mensagem que será transmitida.

Uma das técnicas que eu utilizo quando me apresento em qualquer lugar é que tenho que oferecer algo novo e que a minha mensagem gere uma mudança de comportamento para as pessoas que me assistem. A partir do momento que apliquei essa filosofia pela primeira vez, eu pude perceber que em todas as palestras, discursos ou debates, as pessoas entendiam o que foi passado e aumentava o poder de entendimento do que foi dito, indiferente se fosse algo motivacional ou técnico cientifico.

Falar em público é estar conectado com as pessoas de maneira que elas se sintam caminhando ao seu lado no palco, como em uma conversa entre amigos em um ambiente tranquilo. Diante dessa conexão é que a fluência do conteúdo e teoria se multiplicará para o fechamento final de qualquer mensagem que é justamente algo de reflexão daquilo que foi passado ou a apresentação de uma proposta comercial importante para a sua empresa ou até mesmo, de um novo produto ou serviço que é a essencial para a vida dela.

Não existe comunicação sem o sentimento de estar presente no lugar e conhecer o público alvo. Quando o apresentador se dedica algumas horas para analisar o conteúdo, a cultura, os valores e filosofia de vida da empresa e das pessoas que o assistirão, ele dá um passo gigantesco para superar os seus medos e encantar a todos com o que se possui, que é justamente o conhecimento, bem mais precioso que um ser humano por ter.

A dica mais fundamental que posso oferecer para quem lê esta coluna é praticar em casa com a família, amigos e no futuro com os colegas da empresa e quando perceberestará preparado para ser a referência dentro da sua companhia.

Sidney Botelho